BIG BADABOOM.


Na escola eu tinha receio de perguntar, de falar bobagem, tanto que quando perguntava suava horrores e pensava mil vezes em como falaria para não desandar a coisa e os colegas tirarem sarro.
Daí, um dia, desatei a falar. E pronto.

Ou... "Não sei, só sei que foi assim."