Sucupira Etérica.


Brabo cavalo bravo manco e torto sobre patas de ouro laçadas em fios de tes, descalços por patas chocas de ovo cru, com o humor no cu.

(Libertar-se é deixar de esperar que as pessoas achem algo de si.)

PS: Como assim na Nova Gramática "cú" não tem mais acento? E onde haverá de sentar-se? Risos