Diametralmente.


E nós, os incautos e predestinados ao exibicionismo, libertaremos a mente das fraquezas da repetição melódica?