Crie o bicho solto.


A transformação existencial não consiste em quebrar paradigmas e mudar conceitos, atualiza-los, mas checar o que ainda está em acordo com o que se propôs nessa fase da vida.