Carta de Amor (Lux).


"Não ando no breu, nem ando na treva
É por onde eu vou, que o santo me leva"
(Paulo C. Pinheiro e Maria Bethânia)