Memórias póstumas de um adoçante. (Remix II)



Pode-se até estar saturado do mundo - fatigado dos fazedores de qualquer coisa pouco criativos, imitando rituais de realidade, mas o cubo de açúcar é um deus na imensidão da xícara de café. Enquanto isso, não fosse a morte rancorosa e diluída das idéias, o tenso equilíbrio, as sacudidelas e a instabilidade dos grãos selecionados, espalhar-se-iam os cubos de açúcar em largas ondulações através do doce pensar no mel ilustrado que até sugere o gosto gentil.