Postagens

Mostrando postagens de 2008

Móbil-ação 2009.

A perfeição é mesmo um delírio mórbido (2).

Sua voz me abraça o ouvido.

Partamos.

A árvore de ovo.

Saudosa maloca.

Eu tirei o apêndice.

"Eu ando pelo mundo prestando atenção em cores que eu não sei o nome."

“Nós somos aqueles por quem estivemos esperando.” *

Imprimindo movimento à vida.

Ta ru ji pa kju ta a a a a ru ji pa kju. (Grande Céu)

Ostara. (08.09.22)

Que foi surgindo...

Todos podem. Mas só existe um para um.

"Para estar ao lado, sem pesar com a presença." (Mário Quintana)

Strategies for your life. (Um de novo.)

Gritemos, pois.

My sugar is raw.

Her sugar is raw.

Cerchiamo la stessa felicità.

Turn on me.

A liberdade do ar é lógica.

Arame.

Dia de rascunho.

Aqui não há tempo e nem hora pra trama e confusão.

But it matters. (Portifólio solar.)

"Mas meu teto tem estrelas e no alto, um disco voador."

2a. porta à esquerda.

Love (quase) Retrô.

And treat you right. (Make your influence positive.)

Such a nice sensation.

Wonderful me. (Tanto "Se" pra fatos.)

A journey to star. (Simão, O Mago.)

Eu não sou porra nenhuma. (Mas sou tudo.)

Deus e o Diabo na Terra do Sol.

Tá vendendo drops no sinal.

From heaven above.

Waterfire.

How lost it should be?

Ano de Terra. Tempo de Água.

Teoria da Folha.

Sowing the seeds of love.

Entrelinhas.

Sensibilidade inteligente.

Hen to pan.

O pardal!

É imperecível, catatônico e dogmático.